Dezembro / 2015

O patógeno Weissella ceti está relacionado com doença hemorrágica em fazendas de truta na China, nos Estados Unidos e no Brasil. Para melhor entendimento deste emergente patógeno no país, o AQUACEN realizou o sequenciamento de nova geração de 3 isolados (WS08, WS74 e WS105) de diferentes fazendas. Estes isolados mostraram uma semelhança genômica com o micro-organismo (NC36) previamente sequenciado e relatado em um estudo realizado nos Estados Unidos (Fig. 1).

12864_2015_2324_Fig5_HTML

Figura 1. Análise de sintenia genômica mostrando similaridade entre os isolados brasileiros e americano.

Neste estudo, publicado na revista BMC Genomics (leia a integra do trabalho clicando aqui), também foram identificados genes envolvidos nos processos fisiológicos e patogênicos da espécie, dentre eles os associados a sobrevivência no ambiente aquático, de infecção do hospedeiro e de resistência a antibióticos. Estes dados possibilitarão um maior entendimento da espécie e planejamento de estratégias para o combate a doença na piscicultura brasileira.

Weissella1http://bmcgenomics.biomedcentral.com/articles/10.1186/s12864-015-2324-4